arrow_drop_down
Devocional Apostólico- Entusiasta

Devocional Apostólico- Entusiasta

A palavra entusiasmo surgiu do grego “Entheos”, a partir da junção de duas outras palavras “En” e “Theos”. O prefixo “En” significa Em ou dentro de e a palavra “Theos” significa Deus, literalmente “Entheos” quer dizer “Em Deus”, ou seja, uma pessoa entusiasmada é uma pessoa cheia de/em Deus.

Na antiguidade, os gregos por serem politeístas, acreditavam que uma pessoa entusiasmada estava possuída por um dos deuses e por causa disto poderia transformar a natureza, mudando coisas ao seu redor.

Mas entendemos que a nossa alegria e nosso entusiasmo origina-se essencialmente pela presença do único e poderoso Deus em nós e que de fato esse é o verdadeiro entusiasmo, permanente e constante.

Infelizmente a maioria das pessoas hoje se limitam a estarem entusiasmados  pelas condições naturais, visíveis e temporárias. 

Muitos ficam animados e motivados por algumas coisas como: jogos de futebol, pela obtenção de um novo vestuário, de um novo carro, um novo celular e, de fato, não tem nada de errado nisto, mas devemos estar principalmente ainda mais entusiasmados e animados com as coisas que são eternas. 

A nossa alegria e o nosso entusiasmo não devem depender do ambiente físico a qual estamos inseridos ou das circunstâncias que nos rodeiam, muito menos dos bens materiais a qual possuímos, é imprescindível que devemos depender do Deus que habita em nós.

O entusiasmo vem de Deus e a Bíblia está repleta de exemplos de pessoas entusiasmadas que não pararam.

Charles Schwabb, um americano que saiu da pobreza e se tornou um grande industrial, disse, certa vez: “Você pode ter sucesso em todas as coisas onde houver entusiasmo.” 

“Há uma grande diferença entre o Entusiasta e o animado e motivado, é que o entusiasta não é movido pelas circunstâncias e coisas externas, ele não para em momento algum, porque é movido por Deus dentro dele”. 


ABRAÃO UM GRANDE EXEMPLO DE ENTUSIASMO

“O qual, em esperança, creu contra a esperança que seria feito pai de muitas nações, conforme o que lhe fora dito: Assim será a tua descendência”.

E não enfraqueceu na fé, nem atentou para o seu próprio corpo já amortecido, pois era já de quase cem anos, nem tampouco para o amortecimento do ventre de Sara.

E não duvidou da promessa de Deus por incredulidade, mas foi fortificado na fé, dando glória a Deus;

E estando certíssimo de que o que ele tinha prometido também era poderoso para o fazer.(Rm 4:18-21)


Apóstolos Paulo & Yara Macedo